30 de setembro de 2012

Em Pirangi até o CAJUEIRO Balançou e é 43

Moradores de Pium e Pirangi acompanham 

Gilson Moura em grande carreata na comunidade

Moradores de Pium e Pirangi receberam no começo da tarde deste domingo (30) o candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura (PV), o vice-prefeito Epifânio Bezerra (PR) e os candidatos da coligação Muda Parnamirim, em uma grande carreata pelas ruas da comunidade. A falta de investimento da prefeitura em melhorias estruturais para o litoral foi muito criticada pelos candidatos.
"Aqui no litoral, a atual administração só investe na festa de carnaval. Mas a população não vive apenas de carnaval. Aqui faltam empregos, precisa de uma obra de saneamento, não tem opções de lazer e esporte para os jovens. Sem contar que os poucos projetos que funcionavam aqui, como o PETI e a Estação Digital, acabaram", disse a vereadora Walkíria.
Ao falar à comunidade, Gilson Moura também fez críticas.
"Comentam que aqui no litoral os votos todos já foram conquistados. Isso porque as principais lideranças da comunidade receberam cargos comissionados em troca de se comprometerem com a campanha de nossos adversários. Mas eu me pergunto: o povo de Pirangi e Pium não é livre? O povo tem a liberdade de escolher em quem quer votar. As lideranças não tem o poder de decidir pelo povo. No próximo dia 7 nós vamos dar a resposta a quem pensa que pode comprar o povo", concluiu Gilson.

A Sabatina do Desespero da Tribuna do Norte

Bacuraus DESESPERADOS usam o jornal Tribuna do Norte, de propriedade deles para tentar sair como vítima da história dos DEBATES. Tiveram várias chances de expor em vários DEBATES articulados por rádios e TV's e tentaram esconder o candidato paraibano incompetente de todas as maneiras.
Inclusive o último debate que por ser numa TV a CABO foi transmitida em TELÕES em dois pontos de Parnamirim, Chohabinal e Santos Reis. No da Cohabinal, por ser perto da igreja, o padre seu BAJULADOR tentou interferir e boicotar a transmissão.
Aí os BACURAUS tentam de forma sacana inventar uma "sabatina" no jornal de sua PROPRIEDADE e dizer que convidaram Gilson Moura. Mesmo apenas com o candidadto do PSOL Tita Holanda o prefeito MauMarques tomou um BANHO tentando se fazer de VÍTIMA e o professor Tita deitou e rolou. Parabens Tita Holanda. Vejam o vídeo da Tribuna do Norte.
Agora, AMANHÃ tem um debate no www.livretv.com e o prefeito pode tirar todas as dúvidas que ainda tem sobre o processo de Gilson Moura e claro algumas perguntas a responder. É só ele mandar colocar TELÕES em todos os bairros da cidade. A bola é sua BOLA MURCHA, fujão, prefeitin CAGÃO.
Sabatina, eu me lembro a última que participei eu tinha 7 anos no primário lá na Escola de Base, em frente a Estação de Passageiros de Trens aqui em Parnamirim. O ano era 1959.

Pesquisa Mostra que o Pula-Pula é Verdade

Grande carreata de Gilson Moura 

percorre as ruas de Parnamirim em clima de vitória

Na reta final da campanha, o candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura (PV), realiza grande carreata pelas ruas de Parnamirim na noite deste sábado (29). Durante quatro horas, as centenas de carros que participaram da mobilização percorreram os bairros de Cohabinal, Santos Reis, Passagem de Areia, Bela Parnamirim e Rosa dos Ventos. O candidato recebeu, nas ruas, o apoio e manifestações de incentivo da população. O clima entre os parnamirinenses era de festa e confiança na vitória de Gilson Moura e Epifânio no dia 7 de outubro.
Ao final da carreata, Gilson Moura falou à comunidade.
"Esse é um momento em que estamos fazendo história. O nosso movimento tem origem popular, ele nasceu da vontade do povo por renovação, por liberdade. E é por isso que eu agradeço a vocês, parnamirinenses. Como vocês são fortes e não se curvam, não perdem a esperança. Esse amor que vocês demonstram, não é por mim, não é por Epifânio, é por Parnamirim", disse.

Pesquisa Start mostra quadro de empate técnico em Parnamirim

Gilson Moura também fez referência às pesquisas de intenção de votos.
"Desde o início da campanha, eles fizeram questão de divulgar pesquisas mentirosas, com resultados que não refletiam a realidade. Mas a pesquisa real é essa que vemos nas ruas. E por essa pesquisa, nós vamos devolver a prefeitura ao povo de Parnamirim", disse Gilson Moura.
A pesquisa Start/Jornal de Hoje, divulgada neste fim de semana, mostra um quadro de empate técnico. Na pesquisa estimulada (quando os nomes dos candidatos são apresentados), o candidato Maurício Marques tem 39,1% dos votos e o candidato Gilson Moura tem 37,9% dos votos, uma diferença de 1,2% inserida dentro da margem de erro. Na espontânea (quando não são citados os nomes dos candidatos), Maurício tem 30,0% e Gilson Moura tem 28,6%.
A pesquisa foi realizada no dia 27 de setembro e registrada no TRE sob o número RN 000154. foram entrevistadas 626 pessoas e a margem de erro é de 3,9% para mais ou para menos.

29 de setembro de 2012

Só como BACURAU na Semana da Eleição

BICHINHO é feio que nem GagaNERO, mas eu como esse BACURAU
Pra um WxO, nada mau, mas daqui pra frente só como BACURAU

Pesquisa Start: Gilson Moura cresce 

e eleição em Parnamirim está empatada 

O Jornal de Hoje publicou neste sábado (29/09) a mais recente pesquisa do Instituto Start que comprova que a eleição de Parnamirim está tecnicamente empatada entre os dois principais candidatos que disputam a prefeitura. De acordo com a análise dos dados da pesquisa, o candidato Gilson Moura (PV) cresceu, o candidato Mauricio Marques (PDT) caiu, e o pleito hoje está empatado.
O empate técnico é apresentado nas pesquisas espontânea e estimulada. Na pesquisa estimulada (quando os nomes dos candidatos são apresentados), o candidato Maurício Marques tem 39,1% dos votos e o candidato Gilson Moura tem 37,9% dos votos, uma diferença de 1,2% inserida dentro da margem de erro. Na sondagem espontânea (quando não são citados os nomes dos candidatos), Maurício tem 30,0% e Gilson Moura tem 28,6%.

Maurício Marques lidera índice de rejeição

Ainda de acordo com a pesquisa Start, o candidato Maurício Marques lidera o índice de rejeição com 26% e Gilson Moura tem 24,1%. A pesquisa da Start, realizada no dia 27 de setembro de 2012, foi contratada pelo Jornal de Hoje e registrada no TRE sob o número RN 000154. A margem de erro é de 3,9% para mais ou para menos e a amostra é de 626 entrevistas com 95% de intervalo de confiança.

27 de setembro de 2012

ATENÇÃO, ATENÇÃO, POVO de Parnamirim!

Tentando alertar o POVO de Parnamirim como votar nesta eleição decidi pesquisar nos JORNAIS para saber e transmitir pra vocês quem é quem na POLÍTICA de nossa cidade, e terminei me empolgando e fiz essa revista que pode ser muito útil pra você imprimir e mostrar para alguém que não sabe ainda dessas BARBARIDADES, Veja, leia, imprima e distribua a vontade. E um bom voto no dia da ELEIÇÃO.  
Tentei fazer da melhor maneira mas, ainda saíram alguns erros bestas que peço desculpas mas não vou mais consertar, pois meu PC está muito lento e minha internet mais lenta ainda. 

26 de setembro de 2012

Monte Castelo Confirma Gilson Moura 43


Vamos mostrar como é que se faz uma verdadeira transformação na cidade 

O candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura, caminhou pelas ruas do bairro Monte Castelo na noite desta segunda-feira (24), ao lado do vice-prefeito Epifânio Bezerra e dos candidatos da coligação. 
No percurso, Gilson Moura conversou com moradores, ouvindo as suas reivindicações e apresentando propostas de governo. Ao final da mobilização, o candidato falou à comunidade e agradeceu pelo apoio e confiança. 
"Essa manifestação de carinho que vocês demonstram com tanta empolgação é um exemplo de cidadania e vontade de uma administração melhor e mais voltada para o povo. Em nossa caminhada, vimos estampado nos rostos das pessoas o desejo de mudança, de renovação. E nós vamos alcançar isso, porque essa vitória não é minha, não é de Epifânio, nem dos vereadores. Essa vitória é da liberdade do povo de Parnamirim. Vamos mostrar como é que se faz uma verdadeira transformação na cidade", declarou Gilson em Monte Castelo.

24 de setembro de 2012

MauMarques fugiu mais um Debate no CEI

MauMarques perdeu mais uma chance de colocar pra galera de estudantes de Parnamirim que não é LADRÃO, que os PROCESSOS não existem, que não foi ele e sua QUADRILHA que quebrou a CAERN, que não foi ele e sim GagaNERO que levou os 10 milhões das OBRAS de Drenagens de Parnamirim em 2004. 
Que em seu secretariado não tem um LADRÃO. Perdeu e o POVO não perdoa, perdeu de discutir Parnamirim, o porque de não sanear mais Nova Parnamirim e outros bairros de Parnamirim por pura incompetência, descaso, roubalheira e falta de respeito com o POVO.
Por isso mesmo o IDEB de Parnamirim classificou o ELEITOR de MauMarques como o MAIS BURRO do mundo. E haja OVO goro.

22 de setembro de 2012

Com toda LIBERDADE sem bala nem OVO

Grande carreata de Gilson Moura toma conta das ruas do bairro Liberdade

Moradores do bairro Liberdade compareceram em peso às ruas para prestigiar e manifestar apoio ao candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura (PV), que realizou na noite desta sexta-feira (21) mais uma grande carreata pelas ruas da cidade.
Ao final do percurso, Gilson Moura e os candidatos da coligação Muda Parnamirim discursaram para a comunidade. A vereadora candidata à reeleição Walkíria falou sobre a força política de Gilson.
"O nome de Gilson Moura é tão forte, que para tentar derrotá-lo se juntaram na campanha do atual prefeito três ex-prefeitos: Flávio Martins, Raimundo Marciano e Agnelo Alves. Mas nem essa união deles será suficiente para mudar a vontade do povo", disse Walkíria.
Gilson Moura fez um agradecimento aos moradores presentes.
"Como é forte o povo de Parnamirim, que tem resistido a todo tipo de pressão, oferta e discriminação. Como essa gente é firme em suas convicções, que mesmo diante do poder da prefeitura não se curva e mantém o desejo de mudança aceso no coração. Esse é o segredo de nossa campanha: a coragem do povo que não se rebaixa, nem acredita mais em falsas promessas. É para essas pessoas que eu quero ser prefeito", concluiu.
Texto: Inamar Alves
Fotos: Joana Lima

20 de setembro de 2012

19 de setembro de 2012

E o Dinheiro do Programa PETI pra onde vai?

Foto do CATATAU com 1452 nomes dos "beneficiados"
Tenho em minhas mão 1452 nomes de crianças e adolescentes inseridos no PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) de Parnamirim em janeiro de 2012. 
Segundo denúncias: se forem feitas CHAMADAS com estas listas, não se encontra 10% dessas pessoas. É tudo forjado e o dinheiro desviado.
Irregularidades, como compra de carros, comida comprada superfaturada e com vencimento em já ultrapassado, muitas sem valor nutricional, com salsichas, refrigerantes etc... Armazenadas em lugares impróprios e com ratos, barata e muitas formigas. 
E entre crianças inscritas, estão adolescentes com mais de 16 anos inclusive portadores de deficiência, que não poderiam estar ali. 
Ha denuncia de maus tratos, comida de péssima qualidade, quando não estragada, desperdício, e o pior de tudo, todo dinheiro que não é pouco é desviado. Não existe fiscalização.

18 de setembro de 2012

Alexandre Henrique o Show Man do 43

Pra quem não conhece Alexandre é o animado da direita
O outro lado perde em todos os quesitos inclusive em animação e o PALANQUE 43 se completa com Alexandre Henrique o Show Man do palco, é o cara que anima, faz a galera vibrar, acompanha as músicas, aqui, ele vai escutando os candidatos falar e vez por outra uma "tirada legal" e a passeata segue seu rumo. 
O CARA imita AgNERO ou GagANERO como ninguém. E com esse microfone na boca ele põe a CARAVANA da Vitória pra andar e vibrar com nossos candidatos. Eles até ganham em quantidade de locutores, mas os 6 que tem lá não chegam junto.

As Placas Mentirosas de MauMarques

Leitor angustiado e PUTO com as mentiras de MauMarques manda a montagem dessa foto
Aqui neste SERPENTÁRIO tem cobra me enviando cada barbaridade que vocês nem imaginam. E aqui eu "ainda" dou uma aliviada. 
MauMarques anda de chifres baixos pensando qual é a próxima jogada de AgNERO e já sabe que se por uma CAGADA do destino a prefeitura de Parnamirim cair na sua mão. AgNERO agiliza rapidinho os 71 PROCESSOS que o canalha tem e coloca Luluzinha a Princesa de Londrina no lugar dele.
O medo do sem futuro é entrar numa CADEIA. E a Princesa assumir a Cidade junto com AgNERO e DOUTOR Xorge. Que segundo Walter é o trio que só dá lucro em restaurantes chiques de Ponta Negra.

Pesquisa $ertu$ Retira até os Votos de LETO

Super Bento hoje se diverte com MauMarques contando MENTIRAS
Desde segunda feira-passada os blogs oficiais e CARGOS de Parnamirim vêm anunciando uma pesquisa feita nas PASSEATAS do CoisaRuim e que só foi anunciada porque o DJ McPinheiro recebeu a pesquisa de cabeça para baixo, depois começaram a dar explicações o porque a pesquisa não tinha sido divulgada.
Pois bem, ontem VanVan do Paraguai explicava que a pesquisa atrasou por que choveu MUITO em Parnamirim e a TABULAÇÃO não pode ser feita.
Camarada leto pergunta pelos seus votos e da sua pupila PERERECA
Resultado, tabularam pra lá e pra cá e está aí o resultado,esqueceram os VOTOS do Camarada Leto, e o CAMARADA cobra a vaga da sua vereadora PERERECA, e pior ainda, jogaram Paulão JR pra fora da "CÂMARA" em vigésimo, e todo mundo sabe que dos vereadores mais votados em todas as pesquisas são os que apoiam Gilson mais Paulão JR, como eles querem agradar o povo do outro PLANETA... 
Vamos ver no dia 7, quem quiser que acredite mas, hoje quem vai dizer pra eles como está as pesquisas é o nosso herói o Super Bento lá no Monte Castelo. Vou fotografar hoje no bairro Monte Castelo.

16 de setembro de 2012

Carreata Levou Todo Mundo a Monte Castelo


Centenas de veículosacompanharam a 

carreata que percorreu vários bairros da cidade

As ruas de Parnamirim foram tomadas, na noite deste sábado (15), por centenas de veículosque percorreram diversos bairros da cidade em carreata da coligação Muda Parnamirim, que tem Gilson Moura (PV) como candidato a prefeito. A mobilização teve novas adesões, com as presenças dos candidatosa vereador que nesta semana romperam com o prefeito Maurício Marquese declararam apoio a Gilson Moura, Emílio e Paulo da Academia.
A carreata encerrou no bairro Monte Castelo, onde uma multidão se reuniu para ouvir amensagem de Gilson Moura. Ao falar à comunidade, o candidato voltou a criticar os índices negativos de Parnamirim. 
"Parnamirim hoje é a cidade com o terceiro pior desempenho em educação do país,segundo dados do IDEB divulgados pelo Ministério da educação. Somos a segunda cidade do estado em índice de violência. É muito triste estar falando isso, mas é a realidade em que se encontra hoje nosso município. Porque, quem administra Parnamirim hoje não soube levar a cidade rumo ao desenvolvimento. Ele teve por quase quatro anos uma arrecadação de R$ 32 milhões por mês e nada fez para melhorar a vida do cidadão. Ele já foi testado e provou que não é capaz", disse Gilson.
Gilson Moura também criticou a ausência do atual prefeito no debate entreos candidatos, realizado na cidade na semana que passou. 
"Euestava lá, com minha ficha limpa e o programa de governo dele do anode 2008. Mas ele preferiu fugir a encarar a verdade. Ele preferiu desprezar mais uma vez a população e não responder aos questionamentos que todos nós temos. E ainda diz que sou eu quem nunca fez nada por Parnamirim. Eu só tenho a dizer que, no orçamento aprovado pela Assembleia Legislativa para este ano eu, como deputado, disponibilizei para Parnamirim R$ 500 mil, mas esse dinheiro não foi aplicado porque o atual prefeito não quis. E não quis, porque fui eu quem conseguiu", encerrou.
Fotos: Joana Lima

Super Bento ataca no Monte Castelo

Todo dia aparecem novidades do LADO de cá são desde VEREADORES que percebem a armadilha que estavam se metendo a pessoas idignadas ou que são sacaneadas por MauMarques, o caso do “MACACO” Super Bento e outros personagens mostrando a falta de respeito, prepotencia do sem vergonha que “administra” Parnamirim.
O Super Bento desafia MauMarques a citar uma obra feita no seu bairro Monte Castelo, e fez um aposta que se MauMarques mostrar ele vota no Coisa Ruim. E enterrando a sujeira do DOZE e votando em Gilson Moura e Epifânio vai tocando fogo nos seu fogos em cima da sua casa o nosso Super Bento, o "macaco" esperto.
Fotos: Joana Lima

BACURAUS não Perdoam em Parnamirim

Zezé não perde um comício da vereadora Kátia e Gilson Moura
José Sirino de Moura mais conhecido por Zezé, funcionário da da empresa Líder, a oito anos é atualmente delegado do Sindicatos dos Garis e ficou desmpregado este mês pelo simples “pecado” de se dizer eleitor de Gilson Moura e Katia Pires.
Acontece que os incompetentes são tão burros que por ter imunidade sindical Zezé não pode ser demitido até fevereiro de 2014. Em outras palavras o rapaz foi afastado mas não será demitido pois MauMarques termina com seus DESMANDOS ainda este ano. UFA! Xô BACURAU cagão!
A empresa LIDER onde Zezé trabalha é aquela mesma que esteve envolvida em fraudes na prefeitura de Natal na época era Cabeção era prefeito, inclusive Zezé já tinha sido sacaneado por seu CHEFE um tal Luciano que é um dos réus no caso da Lider em Natal. Mas a história é comprida demais.

Palanque PESADO é esse dos BACURAUS

Essa turma pesa mesmo, mas se juntar os papeis dos PROCESSOS de cada um, esse palanque cai. Vai ter BANDIDO assim no IRAQUE. Desses escapam uma meia dúzia de 2 ou 3, porque são recém alistados na QUADRILHA mas, a rapaziada tem futuro e promete muitas emoções mas, noutra época muito remota. Vade retro SATANÁS!
Ontem no bairro Parque de Exposição, o ex-vereador Fernandes Fernandes avisou que hoje tem a passeata do XÔ BACURAU! Que sai novamente da Cohabinal.

14 de setembro de 2012

Em Parnamirim o PUTEIRO está Pegando Fogo

Se você nunca entrou num puteiro na hora de um tiroteio não vai ter ideia do que vou dizer. Mas é a situação da SITUAÇÃO em Parnamirim. 
Na terça-feira 13, mais ou menos 17h, (hora de saída das funcionárias da fábrica) presenciei a tentativa de compra de VOTOS na RmNOR. Mas minha XERETA não estava na mão...
MauMarques tem uma pesquisa que ele pagou e na pesquisa deu Gilson Moura na frente e eles não publicam, só o que fazem é agredir os adversários.
Problema é que os BACURAUS estão loucos, tentam de tudo e vão continuar tentando comprar o POVO humilde da cidade. Ontem na CARREATA em Passagem de Areia, que fizeram com blindados pegaram um rapaz DEFICIENTE e quebraram o cara de porrada, algemaram num poste, só porque o cara disse VOTAR no 43 que é Gilson Moura?
O grande problema hoje é estimular MauMarques que está cabisbaixo, já reconhecendo a DERROTA e por saber que AgNERO colocou a VICE para assumir no lugar do sem vergonha por causa dos 71 PROCESSOS. Lucinha assume e quem manda é o DONO da QUADRILHA que MauMarques comanda.
E ainda rola uma ciumeira grande por parte de AgNERO, com medo de levar chifre como levam os CARGOS COMISSIONADOS de MauMarques. Como diz o matuto "o bom cabrito não berra", afinal de contas AgNERO é de Ceará Mirim.
Pois bem, em Parnamirim o PUTEIRO tá pegando FOGO e o bombeiro é AgNERO. FODEU!

Em Santos Reis todo Mundo VOTA no 43

Em Santos Reis mora dores nas ruas e sem APANHAR, e as Walquirias fazendo a FESTA

Gilson Moura repudia insinuações contra a sua honestidade

Ao encerrar a caminhada realizada nesta quinta-feira (13), no bairro de Santos Reis, que reuniu uma grande multidão, o candidato a prefeito de Parnamirim, Gilson Moura (PV), fez um discurso emocionado e criticou as especulações que surgiram contra a sua ficha na Justiça.
"O desespero que move os nossos adversários está fazendo com que eles inventem todo tipo de calúnia, todo tipo de injúria para nos afastar da Prefeitura. Isso funcionou em 2008, quando o povo acreditou nas mentiras e decidiu apostar nessa gestão que administra a cidade. Mas agora o povo pergunta: onde está o saneamento, as creches, a qualidade na saúde, na educação? Tudo isso foi prometido, mas não foi realizado. Hoje, mais uma vez, tentaram ligar meu nome a um processo em que eu sequer sou parte. Um jornal ligado ao atual prefeito tenta me associar a um processo que nada tem a ver comigo. Mas eu sou ficha limpa! Eu não responde a nenhum processo", declarou Gilson.
Ainda ao falar à comunidade, Gilson Moura falou sobre suas propostas de governo como o programa de regularização fundiária, o compromisso registrado em cartório de só nomear para cargos comissionados pessoas que morem em Parnamirim, e os programas sociais "café da manhã das crianças na escola" e o "cartão do bem". O candidato também fez uma conclamação ao povo.
"Como advogado e parlamentar, eu já defendi muita gente humilde, que não tinha recursos para se defender. Esse é o meu papel. Mas hoje eu peço a vocês, sejam meus advogados e me defendam. Vamos juntos reconquistar para o povo a Prefeitura. Eles pensam que são fortes, mas forte é o povo que tem nas mãos o poder de mudar", concluiu.

Vereadora denuncia agressões contra morador de Passagem de Areia

Durante a mobilização, a vereadora Kátia Pires (DEM), ao discursar para a população, fez uma denúncia grave.
"Nossos adversários pensam que são os donos de Parnamirim. Eles pensam que podem mandar em tudo e em todos. Isso ficou muito claro ontem, quando numa caminhada deles realizada no bairro de Passagem de Areia, um rapaz conhecido por Guri, que tem retardo mental e é apaixonado por Gilson Moura, declarou sua preferência. Ele foi arrastado por seguranças, amarrado e espancado duramente. Que lugar é esse, que nós não podemos contrariar o prefeito, senão seremos agredidos? Isso é um crime e precisa ser devidamente apurado". disse a vereadora, revoltada.
Texto: Inamar Alves
Foto da XERETA de Xiquim Peixotim

13 de setembro de 2012

POVO de Parnamirim Cuidado com MauMarques

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em respeito a população do Rio Grande do Norte e, em especial, ao Povo de Parnamirim, gostaria de esclarecer os seguintes fatos acerca de matéria publicada no site da Tribuna do Norte:
A Operação Pecado Capital foi deflagrada após dois anos de investigações, dezenas de depoimentos, quebras de sigilo bancário, fiscal e de telecomunicações e nenhum indicio de irregularidades foi encontrado contra mim. Diante disto não figuro como Parte nesse processo, nem tão pouco fui acusado de nenhum crime.
Estranha e coincidentemente a poucos dias das eleições onde concorro ao cargo de prefeito de Parnamirim contra o candidato patrocinado por um tradicional grupo político do Rio Grande do Norte e titular do desonroso título de prefeito mais processado do Estado, começam a vazar na Tribuna do Norte - que tem como um dos principais editores o secretário de comunicação do prefeito de Parnamirim -  acusações infundadas contra a minha pessoa
Por que só agora, perto da eleição, aparece no processo um email que não é de minha autoria, nem enviado para mim, nem por mim, colocando em dúvida a origem dos meus bens?
Para que fique claro: A minha casa e o meu carro são frutos da minha renda familiar e foram devidamente declarados à Receita Federal e à Justiça Eleitoral.
Não tenho nenhuma dúvida de que estou sendo vítima de um processo político de difamação diante da real perspectiva da minha vitória em Parnamirim.
A desproporcional cobertura jornalística que é feita sobre mim acerca de um processo em que eu sequer sou parte não é isenta e comprova essa difamação. A omissão desse mesmo veículo de comunicação quando o assunto são as dezenas de processos a que responde o atual prefeito  de Parnamirim, sendo que um dos quais teve recentemente audiência e não mereceu uma única linha sobre o assunto.
O prefeito Maurício Marques responde a dezenas de processos sob a acusação de desvio de recursos públicos na ordem de 50 milhões de reais e tem seus bens bloqueados pela justiça, mas, estranhamente, esse fato não é noticiado. Por outro lado, uma mera citação do meu nome em uma audiência vira capa de jornal e matéria televisiva.
Eu sei que pago o preço do preconceito que sofrem todas as pessoas de origem humilde que se atrevem a vencer na vida, mas aviso que campanhas caluniosas só aumentam a minha disposição de lutar e reafirmo que não abrirei mão de defender a minha honra, e o povo trabalhador e honesto de  Parnamirim que já manifestou nas ruas o desejo de mudança.
Reafirmo minha confiança na Justiça e meu respeito ao Ministério Público pela sua dimensão constitucional, mas ressalto que as  denúncias já foram judicializadas e que estou à disposição, como sempre estive, para esclarecer qualquer dúvida a respeito da origem dos meus bens.
Continuarei minha caminhada pelas ruas de Parnamirim porque sei que o ficha suja da campanha de Parnamirim não sou eu!
Gilson Moura
Deputado Estadual

O POVO todo de Boa Esperança com 43

Do lado de cá tá assim,  do lado de lá a coisa tá feia só andam em
CAREATAS e de blindados, também só se ver CARGOS COMISSIONADOS

O desejo de mudança representa a 

insatisfação de cada parnamirinense! 

Vereadores da coligação Muda Parnamirim enfatizam o desejo do povo por renovação na administração municipal.
O candidato a prefeito de Parnamirim pelo PV, Gilson Moura, caminhou na noite desta quarta-feira (120 pelas ruas do bairro Boa Esperança. No final da mobilização, que contou com a participação de candidatos a vereador e do vice-prefeito Epifânio Bezerra, Gilson Moura reuniu a multidão para apresentar propostas e discutir os problemas da cidade.
A vereadora Kátia Pires falou sobre a impressão de abandono nas ruas de Parnamirim.
"As pessoas de nossa cidade estão se sentindo abandonadas, porque o que vemos diariamente são ruas tomadas pelo lixo, pelo mato, pela lama. queremos combater esse descaso, esse desrespeito, esse desprezo do poder público com as pessoas. A única coisa que a atual gestão fez bem foi aumentar em 300% o valor do IPTU, mas esses recursos não foram revertidos em benefícios para a população", disse Kátia Pires. 
O vereador Gildásio Figueiredo enfatizou o desejo popular pela renovação na prefeitura.
“O desejo de mudança representa a insatisfação de cada parnamirinense com essa administração falida e desastrosa. O único excesso da atual gestão são esses 68 processos que causaram à cidade um prejuízo de R$ 50 milhões. Mas nós vamos reerguer Parnamirim com Gilson Moura e Epifânio", declarou Gildásio. 
Ao discursar para a comunidade, Gilson Moura falou sobre o exercício da cidadania.
"Esse é um momento democrático, onde os candidatos devem submeter suas propostas à aprovação do povo, e não tentar enganar a população, como muitos vem fazendo. O que nós ouvimos na rua é o clamor de um povo que não aceita mais tanta mentira, tanta falta de ações, tanto desprezo, tanta falta de zelo com o bem público. Chegou a hora de mudar. Junto com o povo, vamos fazer história em Parnamirim", encerrou Gilson.
Texto: Inamar Alves
Fotos: Joana Lima

12 de setembro de 2012

59 PROCESSOS de MauMarques só em 1º grau

Fazendo uma pesquisa hoje no site http://www.tjrn.jus.br:8080/sitetj/ encontrei mais PROCESSOS, do CoisaRuim, agora são 59 em primeiro grau, 11 em segundo grau e mais um em SEGREDO DE JUSTIÇA o que totaliza 71 PROCESSOS. Daqui para o dia da eleição deve chegar os 100.
Pode imprimir e distribuir, só não pode jogar nas ruas como o VAGABUNDO do prefeito de Parnamirim está fazendo com a SUJEIRA que ele manda imprimir no Metropolitano.

11 de setembro de 2012

Imprima e Distribua só não Jogue nas RUAS

Encontrei um panfleto parecido com esse e tomei a liberdade de fazer este. Só peço ao POVO que não façam como o SAFADO do prefeito que faz seus PANFLETOS apócrifos e na calada da noite e madrugada a dentro manda emporcalhar a cidade com a SUJEIRA dele e depois vai a mídia pedir para o POVO não jogar LIXO nas ruas.

Japecanga Jamais Será a Mesma


 MauMarques torcedor alvi-rubro do time de JAPECANGA, em um de seus rompantes de BONDADE resolveu ajudar seu time amado e está agilizando as obras da Arena do Dragão. Diz o sem vergonha que as obras não vão mais parar se depender dele.
Mandou fazer até a sua identidade de Sócio Cagão pra mostrar sua boa vontade com o time do coração. Se for eleito PREFEITO de Parnamirim a OBRA estará pronta antes da Copa 3014.


Legado para a Copa 2014 saiu de Ceará Mirim

Isso só pode ter o dedo de Henrique, como tudo que tem no RN foi OBRA dele?! A caricatura de AgNERO filho de Ceará Mirim, será mesmo o MASCOTE do Brasil Nesta COPA.
A Fifa registrou nesta terça-feira a imagem do TATU-BOLA que será a mascote da Copa-2014. A entidade fez o registro em departamento da União Europeia responsável por proteção à marcas e patentes em solo europeu, a OHIM (Agência de Harmonização do Mercado Interno, em tradução livre).
E viva os BACURAUS!

Santa Teresa Recebeu Gilson Moura


Deputado Gilson Moura critica falta 

de propostas do prefeito de Parnamirim

Por Inamar Alves
Fotos Joana Lima
Durante caminhada no bairro de Santa Tereza, o candidato a prefeito pelo PV, repudiou panfletos apócrifos distribuídos pelas ruas da cidade
“Ao invés de distribuir panfletos com insinuações maldosas, porque essas pessoas não vem à praça pública debater propostas para melhorar a situação da cidade?” disse Gilson Moura ao encerrar a caminhada desta segunda-feira (10) no bairro de Santa Tereza. “Nós estamos apresentando ao povo o nosso plano de governo, que é cheio de projetos para melhorar a condição de vida da população. Quem governa Parnamirim hoje não se preocupou com o bem estar dos cidadãos”, completou.
No encerramento da caminhada Gilson Moura recebeu o apoio dos candidatos a vereador da coligação, que também criticaram a falta de projetos do atual prefeito. O candidato Delegado Lucena criticou mais uma vez o aumento da violência em Parnamirim.
“Eu fui abordado hoje por uma moradora que me contou uma história muito triste. O marido dela, ao voltar para casa no bairro Bela Parnamirim, ficou entre uma troca de tiros e foi atingido com um disparo na cabeça. Ele ficou internado por dois dias e veio a falecer. É essa continuidade que nós não queremos em Parnamirim? Vamos mudar para melhorar a segurança”, declarou o candidato.

Enlouqueceram o Prefeito MauMarques

Com 68 PROCESSOS e um montão de OFICIAIS de JUSTIÇA em sua caça, tanto em casa como na prefeitura, mais AgNERO enchendo o saco com CIÚMES da vice que o BATRÁQUIO exigiu para ser vice. E ainda os vereadores do PCdoB querendo mixaria pra gastar. O homem pirou o cabeção!
Rico, solteiro e RAPARIGUEIRO, não é que o BICHO foi visto namorando, brincando e rodando feito um alucinado num ferro-velho que ele colocou em quase toda praça, e com o qual ganha muito dinheiro, só com a reposição dos brinquedos superfaturados, pois já chegam enferrujados. Vejam a cena. É só quando a VICE aparece coitada.

10 de setembro de 2012

Passagem de Areia Recebeu Gilson Moura

Na tranquilidade o deputado caminha no meio do POVO sem seguranças, sem empurrões sem polícia e sem OVO goro

Moradores do bairro Passagem de Areia participam
de grande mobilização da coligação Muda Parnamirim

Por Inamar Alves
Foto: Joana Lima
"Cada vez que eles levantam calúnias contra nós, mais gente vem para o nosso lado", disse a vereadora Kátia Pires.
Uma grande mobilização popular marcou o início da noite deste sábado (08), pelos bairros Cohabinal, Santa Tereza, Rosa dos Ventos e encerrando em Passagem de Areia. Ao final da caminhada, os vereadores da coligação criticaram a falta de propostas do atual prefeito de Parnamirim.
"Ao invés de caluniar nosso grupo, porque esse prefeito não aceita o convite de Gilson Moura e vem à praça pública debater os problemas e apresentar propostas para melhoras a nossa cidade? Venha dizer o que fez por Parnamirim. Cada vez que somos caluniados, mais gente vem para o nosso lado. Porque aqui tem a vontade de mudar e fazer o melhor pelo município", declarou a vereadora Kátia Pires.
A vereadora Walkíria também fez duras críticas e falou sobre os processos contra o atual prefeito. "Foi ele quem traiu o povo. Porque fez muitas promessas e não cumpriu nenhuma. Mas aí está a nossa cidade tomada pelo lixo, com as ruas sujas. Sujas como a ficha dele" disse a vereadora.
Ao discursar, no encerramento da caminhada, Gilson Moura falou sobre a sua origem e também fez críticas. "Sou povo e tenho muito orgulho disso. Eu teria vergonha se fosse rejeitado pela população, apontado nas ruas como um prefeito que prometeu e não cumpriu. O povo tem as mãos limpas e quer um prefeito também de mãos limpas", concluiu.

9 de setembro de 2012

ARRASTÃO do Pula-Pula foi Grandioso

Sem confusão, sem OVO, sem polícia, o deputado Gilson Moura seu vice Epifânio e
seus vereadores no meio do POVO. Foi no Pula-Pula da Cohabinal a Passagem de Areia
A prova de que o desespero da QUADRILHA que "administra" Parnamirim é grande foi mostrada ontem. Mas o POVO que não é besta, não foi na onda. E desde a Cohabinal até Passagem de Areia fechando com discursos calorosos foi o protesto contra as BAIXARIAS e insinuações que a situação tenta (sem sucesso) atribuir ao candidato FICHA LIMPA Gilson Moura.
O POVO todo estava lá só faltou MauMarques
Os candidatos a vereador que apoiam o deputado Gilson cobram da atual "administração", transparência, e que mostrem cada um a sua FICHA. Cobram o que o prefeito pede todos os dias na mídia, que a população ajude não jogando lixo nas ruas. 
No entanto MauMarques manda seus CARGOS, para as ruas de Parnamirim com panfletos mentirosos, durante a madrugada, e joga toda sua SUJEIRA nas ruas da cidade. O carro um gol branco, placas MYF 6771 e o proprietário Ari, resta ver o que vai fazer o Ministério Público.
O que se sabe é que é um tal ARI gerente da Secretaria de Obras comandados por Nambú Ferreira, secretário acusado de todo tipo de falcatrua inclusive de enriquecimento ilícito. Afinal qual desses secretários que estão do lado de MauMarques, tinha dinheiro quando entrou.

Nambú era "chefe" do setor de corte de água na CAERN, ganhava 2 salários mínimos, hoje até LadRover o sem vergonha tem; DJ McPinheiro conheci com um chevete JR verde MARACATÚ pra puxar o saco do BACURAU AgNERO, morava na Cohabinal numa casa alugada e em 2002 mudou-se para um 1º andar, casa dada por AgNERO ao vigarista, radialista comentarista de eleição, participou de outras administrações fraudulentas como a dos aliados hoje Frávio Mar Tins e Mundim Mar Ciano; Guguinha o VERME do LIXO na CAERN era continuo e LARANJA de MauMarques na época do trambique que deram num seguro da empresa. Esse é analfa de pai, mãe e parteira, também se presta como ARAPONGA, papudinho gosta de cerveja e contar sobre qual das auxiliares dele vai levar pro motel. Canalhão. Chaguinha, coitado só serve mesmo de LARANJA e testemunha as SUJEIRAS da quadrilha. M. Noga vai no mesmo esquema de Chagas, só que com uma prepotência terrível, de Planejamento só entende quando é para planejar sacanagens, LARANJONA; MahtaLopes, essa eu tinha um carinho especial, imaginava uma figura "celestial" mas, a meiguice é para o mau. Ela não consegue ver nos pobres favelados que necessitam realmente de uma casa no Minha Oca Minha Vida; RoRo San Thiago, não sabe o que é Meio Ambiente, quanto mais Desenvolvimento Urbano, é usado como LARANJA por ter sido genro do Coisa Ruim; VaiDilma, incompetente, e metida a gostosa, LARANJA e todo dinheiro que ganha faz uma plástica, pior que cada plástica a moça fica mais feia; Jaca Una o LARANJA mais sonso do mundo e por último, Pe Ontonho Otário Migué, esse entra nessa lista porque tenho uma denuncia GRAVÍSSIMA contra o meu BROATHER Murilão mas, nem conheço ele é dos novos secretários, cria de Murilão não deve ser muito boa peça, mas gostaria de tomar um porre grande com ele. Dizem que o padre gosta de umazinha, como não tinha a foto dele vai a foto da antiga secretária. Sei que foi colocado nessa secretaria para substituir outro câncer da política local e que ela ficou rica nessa secretaria, Nana Michelin. Esta é a secretaria mais querida por BANDIDOS, Habitação e regularização Fundiária e se esse DESGOVERNO não acaber logo, eles se apossam de todo o MUNICÍPIO. 
Quer dizer, São 15 secretarias e delas 10, ou são incompetentes, PAU-MANDADOS ou LADRÕES de primeira. E das 5 que sobraram muita gente foi substituída pois os vigaristas são candidatos a VEREADOR e o POVO de Parnamirim tem que tomar cuidado com eles. 

8 de setembro de 2012

O Pula-Pula da SITUAÇÃO é pra Natal

Nem a VICE escapou do PULA-PULA, com material feito com dinheiro de Parnamirim
Em ABRIL o mês do MENTIROSO, em todas as entrevistas que dava. MauMarques o sem vergonha de Parnamirim dizia que em Parnamirim quem mandava era AgNERO, ele era o PREFEITO e que em Parnamirim não tinha OPOSIÇÃO. Reunião pra cá reunião pra lá. Até foi ventilado que poderíamos ter Walter o traidor do PCdoB e o DOTÔ Bufa de Bananeiras como candidatos da "oposição".
Pois bem o POVO foi percebendo quem é quem, Walter não aguentou nais MENTIR foi pro lado da QUADRILHA, o DOTÔ Bufa não aguentou ficar em cima do MURO e, com saudades de Bananeiras pediu o PINICO do PP e foi-se para os braços da quadrilha. Tudo LISO e sem votos.
E a OPOSIÇÃO começou a sorrir. E a SITUAÇÃO começou a CAGAR fino. De LADRÕES começaram a acusar o POVO de Parnamirim de ser desonesto. 
Bom mas o que está acontecendo agora é um PULA-PULA dos desavergonhados da SITUAÇÃO para Natal, primeiro ele mandaram, (claro que com a ORDEM do dono da QUADRILHA) todo o dinheiro de Parnamirim para eleger o filho não menos desonesto de AgNERO a prefeito de Nata.
Compraram umas pesquisas e pensaram que a coisa estava ganha por lá, e começaram a jogar duro nas MENTIRAS aqui pra ver se elegem MauMarques com 68 processos no RABO, e uma reca de Secretários Vadios e incompetentes e com mais pelo menos 50 processos na JUSTIÇA. 
Nesses PROCESSOS vão desde PECULATO, ASSALTO, FALSIDADE IDEOLÓGICA, FORMAÇÃO DE QUADRILHA... e outros menores, tipo roubo de terras, galinhas e etc...
E agora a turma já viu que a coisa por aqui está preta, a OPOSIÇÃO EXISTE o pessoal de lá está correndo para Natal pra ver se consegue uma BOQUINHA, pois segundo DOUTOR Xorge o enfermeiro de AgNERO: "Quem não é visto não é lembrado..."
XÔ SATANÁS!

Os Carros de Som do Corninho

E os carros de som que @Sandro_nobrega "ganhou"?
Desespero total tomou conta da QUADRILHA que "administra" Parnamirim. Nunca vi tanto carro de som nas ruas de Parnamirim, uma confusão de sons, virou um inferno. Nesses sons tem o do BACURAU: "Au, au, au, eu sou bicha e BACURAU!" (Achoe que é isso que diz) O outro é um tal de um CORNO: "É corno, é corno, é corno...". Que PORA é essa meu senhor? Seria alusão aos CARGOS que emprestam a digníssima ao CHEFE?
O cara já tem uma frota de carros de som?! E a casa que ele ganhou? Bom, isso depois eu conto.

Quem é BANDIDO nunca quer ser só

Numa locução chorosa, o MARGINAL chefe da QUADRILHA que administra Parnamirim coloca carros de som nas ruas de Parnamirim. Tenta passar para o POVO que ele deixou de ser LADRÃO e que o deputado Gilson Moura é o culpado pelo desvio de 50 milhões do IPEM. E afirma que o deputado disse que ia trazer 600 cargos para Parnamirim. 

O que na realidade ouve, foi que o deputado em seu plano de GOVERNO diz que não vai tolerar CARGOS ou SECRETÁRIOS importados de Natal. Pois essa é a prática hoje. Os melhores CARGOS estão nas mãos de AgNERO. 
Mas, como dizia meu avô Eneas: "Quem é BANDIDO nunca quer ser só".

6 de setembro de 2012

Meu Camarada Isaac o FURACÃO de Parnamirim

A coisa está preta do lado da SITUAÇÃO, a fartura para a CAMPANHA do Cabeção em Natal TUDO. Para os de Parnamirim NADA. Depois da divulgação da pesquisa IBOP divulgada pela Globo ontem, o CHEFE da quadrilha de Parnamirim se escondeu para os VEREADORES.
Até meu CAMARADA do PCdoB Isaac FURACÃO, que não é o furacão que devasta os EUA, mas é o FURACÃO das vaquejadas de Parnamirim, que na última vez que me ligou faz uma semana, reclamava na época que o pai dele já tinha vendido as últimas vaquinhas e estava para vender o BURRINHO bicho de estimação que foi comprado a SHRECK, o bicho até fala tudo, mais inteligente que MauMarques.
Pois bem, até o JEGUE foi posto a venda para que Isaac se eleja vereador na cidade. Ajude ao vaqueiro para que o BICHO mais inteligente da família não seja vendido.

Justiça BUFA no Brasil e a Justiça Americana

Quando EX-MINISTRO se transforma em Advogado de PORTA DE CADEIA algo anda errado, e é assim que funcionam as coisas hoje neste nosso Brasilzão, a BANDIDAGEM se apossou até da nossa JUSTIÇA. E nós, agora vamos confiar em quem?
Em Parnamirim o sem vergonha da situação MauMarques tem 68 PROCESSOS, vem ROUBANDO ha 12 anos, fora o tempo que meteu a mão no dinheiro da CAERN, e pede CONTINUAÇÃO da obra dele ao POVO de Parnamirim.
As coisas poderiam mudar no BRASIL se as LEIS fossem feitas para todos igualmente, para brancos, pretos, índios... Talvês até o numero de SUICÍDIOS aumentassem, mas o POVO iria ficar mais feliz, e teríamos menos BANDIDOS em gabinetes também em Brasília.
Nos EUA político se suicida porque sabe que vai preso e PERDE tudo que roubou.

5 de setembro de 2012

Acorda POVO de Parnamirim! 003

Jornal de Hoje (RN) - 06/07/2005

Para Raimundo Marciano, Batista foi o primeiro a denunciar irregularidades

O ex-prefeito de Parnamirim Raimundo Marciano (PFL) afirma que as denúncias do vereador Ricardo Gurgel envolvendo secretários da administração Agnelo Alves em supostos atos de corrupção, como cobrança de propina, não são novidades no município. Segundo ele, o vereador Antônio Batista - hoje licenciado para ser secretário das Administrações Regionais - denunciou em novembro de 2002, quando era presidente da Câmara, que auxiliares de Agnelo estavam envolvidos em esquemas de corrupção e teria apontado nomes como o do secretário de Serviços Urbanos, Naur Ferreira, que teria se beneficiado de um contrato de aluguel de veículos para a Prefeitura.
"O que o vereador Ricardo Gurgel diz não é novidade. É tudo de conhecimento público. Qualquer cidadão de Parnamirim sabe que o que o vereador está afirmando é a mais pura verdade. Eu tenho inclusive documentos que comprovam irregularidades e envolvimento de secretários da administração. Também não é a primeira vez que um vereador denuncia. O próprio Batista denunciou, deu nome aos bois. Está tudo nas atas da Câmara", disse Marciano, que foi imediatamente questionado pelo repórter por que ainda não entregou à Justiça os documentos que afirma possuir, tendo ele respondido que "por questão ética". E acrescentou: "No momento eu vou esperar. Aguadar os desdobramentos da denúncia de Gurgel", afirmou, negando que esteja sendo omisso ou conivente.

Contra Cheque Eleitoral

Sobre as denúncias de compra de partidos nanicos, o ex-prefeito afirmou que a coligação que reelegeu Agnelo Alves prefeito de Parnamirim foi a maior que já houve no Rio Grande do Norte. "Juntando 14 partidos, com certeza, meu amigo, esses partidos não se coligaram de graça. Está aí a prova", afirmou, referindo-se às denúncias do ex-secretário do PSL de Parnamirim, D"jário Pereira dos Santos, e do delegado do PL Gilmar de Oliveira Gomes, que mostraram contracheques afirmando que receberam gratificações da Prefeitura para trabalhar na campanha de Agnelo em 2004. Marciano disse que cabe à Justiça apurar, mas reiterou que o artigo 41-a da Lei Eleitoral, que pune com cassação de mandato eletivo a compra de voto, deverá ser aplicado no caso de restar comprovada as denúncias.

Batista nega ter acusado secretários por corrupção

O secretário de Administrações Regionais de Parnamirim, vereador licenciado Antônio Batista (PMDB), negou esta manhã ter feito denúncias envolvendo a administração do prefeito Agnelo Alves em novembro de 2002, período que foi presidente da Câmara Municipal. "Eu desafio qualquer um a mostrar um documento que prove que eu tenha denunciado corrupção e propina", declarou.
O auxiliar do prefeito Agnelo respondeu às declarações de Marciano, que disse que uma ata da Câmara Municipal comprovaria que não só o vereador Ricardo Gurgel usou a tribuna da Câmara para denunciar corrupção na administração do prefeito Agnelo, mas o próprio Batista teria denunciado secretários municipais.
"Não existe isso. Nem Raimundo tem ata, nem ninguém. Isso é uma politicagem tentando me envolver. Se ele apresentar algum documento que prove que, eu, Antônio Batista, falei de propina no governo, eu renuncio ao meu mandato. E faço isso em juízo", desafiou Batista, sugerindo esvaziamento da denúncia de Gurgel e apontando Marciano como que querendo puxá-lo para o centro das acusações.
Ocorre que, tanto Batista fez as denúncias, como o próprio Ministério Público, com base numa representação assinada por William da Silva Dantas, instaurou inquérito civil para apurá-las. Só que no inquérito Batista negou possuir provas.
Diz o termo da audiência de Batista que: "... quanto às denúncias feitas durante sessão da Câmara Municipal, não se trataram de denúncias, mas de um comentário já que não tinha prova; que se tivesse provas, teria sido instaurado uma comissão de investigação; que tais informações foram trazidas por uma pessoa que não se lembra mais; que não sabe de nenhum fato que comprove os fatos de que o município estava locando veículos de propriedade do Sr. Naur Ferreira, bem como não possui conhecimento de Naur Ferreira ser sócio ou proprietário de alguma empresa ou construtora...".
Esta manhã, Batista disse que é secretário e que participa ativamente do governo Agnelo, o que para ele seria uma incoerência ter feitos denúncias contra Agnelo. "O que eu falei foi apenas atos administrativos. Foi um erro técnico...(sic)", declarou, sem querer detalhar o que teria sido esse "erro técnico". "Você [repórter] não queira colocar palavras na minha boca", disse.
Alex Viana

Carreata do Pula-Pula é Sábado

Recebo informação do galpão da CORRUPÇÃO onde funcionou a FALIDA fábrica de Bugges que MauMarques era sócio. Tem mais de 22 vereadores insatisfeitos com as PROMESSAS comprida e não cumpridas do Chefe da QUADRILHA que destrói Parnamirim. 
Fala-se que o dinheiro está sendo desviado para Natal e colocado na CAMPANHA do CABEÇÃO filho de AgNERO, ou em FARRAS gigantescas em restaurantes "chiques" de Natal e os "pequenos" vereadores que se explodam.

4 de setembro de 2012

Atenção ELEITOR de Parnamirim!

Veja lá o que você vai fazer com seu voto em Parnamirim no dia 7 de outubro. O candidato da situação tem 69 PROCESSOS que vão desde CORRUPÇÃO a Formação de Quadrilha. 

Acorda POVO de Parnamirim! 002

Jornal de Hoje (RN) - 30/06/2005

Gurgel diz que informações sobre propina chegaram à Câmara através do presidente

Na sessão plenária da Câmara Municipal de Parnamirim desta terça-feira, o vereador Ricardo Gurgel (PSB) disse em discurso que as denúncias de supostas cobranças de propina envolvendo a administração do prefeito Agnelo Alves (PSB) foram levadas ao debate no parlamento municipal pelo presidente da Câmara, vereador Fernando Fernandes (PDT).
"Faço este discurso por escrito para evitar o mal querer, a fofoca, o disse-me-disse, para conter a difusão de teses que não defendo. O senhor prefeito fique tranqüilo; nada tenho contra a sua pessoa. Digo apenas que essas denúncias que a imprensa tanto ampliou, são fatos velhos. Essas supostas irregularidades chegaram a este plenário através do vereador Fernando Fernandes, ainda no primeiro trimestre deste ano, e geraram cinco requerimentos solicitando informações às respectivas secretarias", disse Gurgel.
Em seguida, Gurgel disse que responde por seus atos como vereador do município de Parnamirim "que são intransferíveis", e lavou as mãos sobre uma investigação no legislativo municipal sobre a denúncia de cobrança de propina, dizendo que, "em nome da paz, digo a todos que não vou embarcar nessa onda denuncista que maltrata tanto o país", para mais adiante finalizar: "Fiz a minha parte e não voltarei ao assunto. Que o Executivo e o Ministério Público façam a sua".

NOMES

Ainda na terça-feira, Gurgel teve uma audiência com a promotora de Justiça Isabel Cristina Pinheiro, de Parnamirim. Ele informou que entregou à promotora um relatório de onze páginas com nomes de três secretários que estariam envolvidos em suposta cobrança de propina. Citou ainda um assessor de um dos secretários, que teria comprometimento com o episódio. No documento, elaborado com o auxílio de seus advogados, Gurgel também citou quatro empresas construtoras de obras públicas, que teriam repassado comissões a secretários do prefeito Agnelo.
Também ontem o vereador foi intimado pela Justiça Estadual a responder, no prazo de dez dias, a uma interpelação judicial movida pelo prefeito Agnelo Alves e seu secretariado. Ao responder as acusações de Ricardo Gurgel, Agnelo informou que determinaria esse procedimento aos seus auxiliares. A peça é assinada pelos procuradores da Prefeitura de Parnamirim, Francisco Nunes e Fábio Alves, que querem que Gurgel diga quais são os secretários corruptos do Governo Agnelo, "para que se possam tomar as providências cabíveis".
Alex Viana

3 de setembro de 2012

Acorda POVO Parnamirim! 001

Jornal de Hoje (RN) - 01/07/2005

Ministério Público denuncia prefeito Agnelo Alves por contrato sem licitação


O procurador-geral de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, José Alves da Silva, ingressou na última segunda-feira com uma ação penal pública perante o Tribunal de Justiça do Estado, através da qual pede a condenação penal do prefeito de Parnamirim, Agnelo Alves (PSB) por ter autorizado, no ano de 2003, uma dispensa de licitação para a contratação da empresa Talento Seleção de Pessoal Ltda., por meio da Fundação Parnamirim de Cultura, Esportes e Turismo.
Segundo cópia da ação, obtida com exclusividade por O JORNAL DE HOJE, além do prefeito Agnelo, o Ministério Público pede ainda as condenações do secretário de Administração e atual vice-prefeito de Parnamirim, Maurício Marques dos Santos, do procurador municipal Francisco de Souza Nunes, da então presidente da Fundação Parnamirim de Esportes e Turismo, Josefa Paisinho Dantas e do sócio-gerente da Talento Seleção de Pessoal, Geraldo Batista de Araújo. Todos eles, segundo o MP, infringiram a Lei das Licitações.
De acordo com o teor da denúncia, o prefeito Agnelo Alves e seus auxiliares não obedeceram a lei número 8.666/93 que estipula critérios para as contratações pelo poder público. Segundo a denúncia as autoridades citadas preferiram firmar convênio com a Fundação Parnamirim de Cultura, Esportes e Turismo. A Fundação, por sua vez, contratou sem licitação a Talento Seleção de Pessoal Ltda.
O concurso foi realizado em 2003 para o preenchimento de 468 vagas na estrutura administrativa da Prefeitura de Parnamirim. As vagas foram oferecidas a médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes de serviços gerais e outras categorias, sendo a maioria dos postos para a contratação de professores para a rede municipal de ensino. Concorreram cerca de 12 mil candidatos.
A pena em caso de condenação prevista na lei n.º 8.666 (Lei das Licitações), por dispensa ou inexigibilidade de licitação fora dos casos amparados (artigo 89), é de três a cinco anos de detenção e multa, que é o que pede o Ministério Público.
Após serem citados, os denunciados deverão se pronunciar no prazo de quinze dias. Depois disso o Tribunal de Justiça decidirá se aceita ou não a denúncia, em votação Plena. Em caso de aceitação, a ação penal será distribuída a um desembargador que atuará como relator do processo.

ARGUMENTOS

A procuradoria-Geral de Justiça concluiu após apurar o caso que houve "evidente burla" ao dever de licitar da Prefeitura de Parnamirim. Consta dos autos que em reunião ocorrida no mês de maio de 2003, Agnelo com seus auxiliares procurador-geral Francisco Nunes, secretário de Administração Maurício Marques e a presidente da fundação Josefa Paisinho, "decidiram, de comum acordo e em unidade de desígnios, celebrar contrato de prestação de serviços, sem prévia licitação e fora das hipóteses legais de dispensa ou inexigibilidadede licitação, com a empresa Talento Seleção de Pessoal Ltda.".
Segundo a denúncia, "sob as ordens" de Agnelo e o "respaldo e a orientação" de Francisco Nunes, o secretário Maurício Marques "celebrou um convênio com a então recém-criada Fundação Parnamirim de Cultura, Esportes e Turismo mediante dispensa de licitação, invocando-se o artigdo 24, incisos VIII e XIII", da Lei de Licitações, e, por sua vez, a "entidade fundacional", sob a presidência de Josefa, "contratou a empresa Talento Seleção de Pessoal Ltda., mediante inexibilidade de licitação, valendo-se do disposto no artigo 25, caput e inciso II, combinado com o artigo 13", também da Lei de licitações.
"Ocorre que, a toda evidência, os fundamentos gizados pela Administração Pública para dispensar e inexigir o procedimento licitatório não são aplicáveis ao caso concreto", afirma na ação o procurador José Alves da Silva, explicando que: 1.º) "A criação da Fundação Parnamirim de Cultura, Esporte e Turismo foi autorizada por lei sancionada em 16 de maio de 2003, tendo sido regularmente registrada em cartório em 19 de agosto de 2003. Portanto, não há falar-se em entidade criada em data anterior à Lei n.º 8.666/93 (inciso VIII), tampouco em inquestionável reputação ético-profissional (inciso XIII)"; e 2.º) "Porque existem diversas empresas especializadas em matéria de organizações de concursos, demonstrando a viabilidade de competição e, por conseguinte, a impossibilidade de contratação direta com base no artigo 25 da Lei n.º 8.666/93".
Na ação, o procurador José Alves frisa ainda que "a hipótese versada nos autos não contém duvidosa interpretação jurídica sobre matéria de fato ou de direito que pudesse levar à compreensão de que houve um erro administrativo ou uma coonduta culposa na mencionada contratação direta, denotando que a sonegação do processo licitatório (...) partiu da deliberada vontade do Senhor Prefeito Municipal em harmonia com o Procurador-Geral do Município, o Secretário Municipal de Administração e Finanças e a Presidente da Fundação Parnamirim de Cultura, Esportes e Turismo".

AVISO

O procurador registra ainda no documento público que "mesmo alertados formalmente para a ilegalidade por meio de recomendação expedida pela douta 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Parnamirim", o prefeito Agnelo Alves e o secretário Maurício Marques "persistiram na contratação direta da empresa Talento Seleção de Pessoal Ltda.".
Segundo o Ministério Público, "apurou-se ainda que o sócio-gerente da empresa Talento", Geraldo Batista de Araújo, "contribuiu para a consumação da ilegalidade, na medida em que participou da reunião em que ficou decidida a contratação direta em destaque e apresentou a documentação necessária à realização do ato, beneficiando-se do ilícito para contratar com o Poder Público".

Alex Viana


1 de setembro de 2012

Saiba como VIVE e se Alimenta um BACURAU

Nepotismo é marca da família de senador

Folha de S. Paulo (SP) - 16/12/2007
RUBENS VALENTE
Bacurau é uma ave de hábitos noturnos e também o apelido de um trem que, nos anos 60, partia de Natal (RN) só de madrugada. Diz o folclore que o ex-ministro do governo Sarney (1985-1990) Aluízio Alves, cacique da política potiguar e chefe do clã que tem presença ativa no Estado desde os anos 60, quando governava o Estado costumava distribuir os diários oficiais que trouxessem muitas nomeações de apadrinhados e parentes em edições limitadas e no final da noite. Assim, poucas pessoas conseguiam vê-los -como o trem da madrugada.
Os adversários logo carimbaram Aluízio, morto aos 84 anos em 2005, com o pejorativo "bacurau", associado a nepotismo e empreguismo. O clã apropriou-se do apelido e hoje todos se orgulham dele.
O novo presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), por exemplo, é um bacurau de alta plumagem. Uma marca negativa de suas duas administrações no Rio Grande do Norte (1995-2002) -além de ter enterrado duas CPIs e inúmeras denúncias de irregularidades que envolvem secretários de Estado- é o uso de cargos públicos para acomodar parentes e agregados.
Ao assumir o governo, em 1995, Garibaldi colocou o irmão, Paulo, na secretaria de Trabalho e Ação Social (depois, na Casa Civil), o pai, na presidência da Junta Comercial, o sobrinho, Sérgio, como oficial de gabinete da Governadoria, a irmã, Maria Auxiliadora, na presidência de uma fundação. A agência publicitária que venceu a licitação do governo, a RAF, pertencia a um primo.
Na segunda gestão, o governador emplacou o irmão como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Um conselheiro se aposentou "voluntariamente" e em troca foi empossado secretário de Agricultura de Garibaldi. Hoje Paulo é o presidente do TCE. Na quinta, o tribunal que tem a tarefa de julgar contas dos administradores públicos concedeu moção de congratulações a Garibaldi pela eleição no Senado.

Trajetória

É assim desde o começo da longa, acidentada e muitas vezes vitoriosa trajetória da família Alves, que já teve ministro, governadores, senadores, prefeitos, deputados federais e estaduais. O próprio Garibaldi começou a vida política em 1966 na gestão do tio, Agnelo Alves, então prefeito de Natal e hoje prefeito de Parnamirim. Com apenas 19 anos, Garibaldi foi nomeado chefe da Casa Civil.
Nenhum Alves esconde que a atuação de parentes em bloco é um método de trabalho. "A política, sobretudo a nordestina, é muito de agressões. Isso conduz as famílias a uma certa solidariedade. Fomos sempre muito unidos", conta Garibaldi Alves, 84, pai do presidente do Senado e irmão de Aluízio Alves.
Garibaldi, pai, teve um irmão assassinado por causa de brigas políticas. Expedito, então prefeito da cidade de origem do clã, Angicos (RN), foi morto a tiros por um adversário.
Não raro, as brigas entre os militantes, até os anos 80, também acabavam em brigas. Principalmente contra os "araras", apelido do outro clã que se reveza com os Alves no poder, a família Maia. A atual governadora, Wilma de Faria (PSB), foi secretária na gestão do atual senador José Agripino Maia (DEM) nos anos 80 e foi casada com o ex-deputado Lavoisier Maia. Os clãs se alternam no governo do Estado desde, pelo menos, os anos 60, com curtos intervalos de ausência.
"Todas as famílias que optam por nossa profissão [política] trabalham juntas. O líder Aluízio serviu de espelho para toda a nossa família", disse Luiz Porpino, 65, secretário particular de Aluízio por mais de 40 anos.

Sobrevivência

O trabalho familiar não significa, contudo, fidelidade cega. O sorridente e cordato Garibaldi Alves Filho tem um farto senso de sobrevivência política. Em 2001, quando o Ministério Público e a Polícia Civil do Estado invadiram a casa de sua irmã, Maria Auxiliadora, atrás de documentos que incriminassem o seu marido, Marcos Nelson dos Santos, o então governador teria sido avisado com antecedência, mas deixou de interceder em favor da irmã. Em seguida pôde dar uma resposta, ao impedir que a Assembléia instaurasse uma CPI que atingiria seu governo e sua família.
Como em toda família, o tempo cura as feridas. O senador diz que "se dá muito bem" com o cunhado acusado de tráfico de influência em duas ações penais em andamento no fórum de Natal, movidas pelo Ministério Público. Pelos depoimentos de Santos, que sempre isentou Garibaldi de qualquer participação em seus lobbies, a recíproca é verdadeira.
Os Alves hoje se ajudam principalmente quando o objetivo é abrir espaço na mídia para um parente político. Eles detêm um dos dois maiores jornais do Estado, a "Tribuna do Norte", entre quatro e 12 emissoras de rádio, ninguém sabe ao certo, e participação societária na afiliada da Rede Globo em Natal.
Embora poderosa politicamente, a família não ostenta grandes propriedades rurais ou empresas. O pai do senador diz não ter mais do que 400 cabeças de gado, um rebanho médio para os caciques nordestinos. Garibaldi Filho costuma dizer que não tem dinheiro nem para suas campanhas eleitorais.

Guardinha de Trânsito Hoje Subiu na ÁRVORE

Neste você pode confiar
Foi hoje, cheio de pileques um motorista de um carro do Transito de Parnamirim tentou subir numa arvore, perdeu o controle e bateu na mesma. Foi ali na avenida Jockey Club, e o motorista estava só o mulambo, sem camisa descalço e com a calça da farda, usada nas HORAS de multas.
E quando foi oferecido o BAFÔMETRO, o piloto soprava pensando que era o APITO.
Eu já falei aqui que o único Guarda de Trânsito de Parnamirim competente e que não come bola é o Guardinha do PH3 e que por isso mesmo foi perseguido por Puxa-sacos de MauMarques que queriam retirá-lo do seu posto.

Que PORRA é um BACURAU?

Nunca tinha visto alguém descrever tão bem essa família de pilantras que aprenderam com os ROSADO a se dividirem, mas que é só estratégia para controlar o estado. Vejam isso:
"Bacurau é uma ave de hábitos noturnos e também o apelido de um trem que, nos anos 60, partia de Natal (RN) só de madrugada. Diz o folclore que o ex-ministro do governo Sarney (1985-1990) Aluízio Alves, cacique da política potiguar e chefe do clã que tem presença ativa no Estado desde os anos 60, quando governava o Estado costumava distribuir os diários oficiais que trouxessem muitas nomeações de apadrinhados e parentes em edições limitadas e no final da noite. Assim, poucas pessoas conseguiam vê-los -como o trem da madrugada.
Os adversários logo carimbaram Aluízio, morto aos 84 anos em 2005, com o pejorativo "bacurau", associado a nepotismo e empreguismo. O clã apropriou-se do apelido e hoje todos se orgulham dele."
Por Rubens Valente
Agora, imaginem vocês um "ANIMÁ" desse em NATAL e outro em Parnamirim.